Na passada terça-feira, dia 25 de Agosto, a Direcção Geral de Saúde (DGS) divulgou as normas para o regresso das competições desportivas em todas as modalidades, dado o contexto da pandemia de covid-19.

“Uma vez que o risco da modalidade e a responsabilidade inerente às federações varia entre modalidades desportivas, pretende-se definir orientações específicas que permitam um regresso aos treinos e competições em segurançaminimizando o risco de transmissão do SARS-CoV-2. Além disso, por forma a garantir o cumprimento destas orientações para a proteção da Saúde Pública, são, no atual momento epidemiológico, apenas consideradas, a retoma da atividade desportiva enquadrada por federações desportivas com estatuto de utilidade pública desportiva, nos termos do Decreto-Lei n.º 248-B/2008 de 31 de dezembro, na sua redação atual”, pode ler-se no documento.

De acordo com o documento, a Esgrima faz parte do grupo das “restantes modalidades enquadradas em federações com utilidade pública desportiva [que] são consideradas de baixo risco, de acordo com o algoritmo de estratificação do Anexo 2.”

Consulte aqui as Orientações DGS nº 036/2020 – Desporto e Competições Desportivas

Logo-fpe