Orgãos Sociais

Direcção

Presidente

Frederico Valarinho

Contacto:

Avenida de Berna, nº 31, 1º Drt
1050 - 038 Lisboa
Portugal

Telefone: (+351) 21 3978717

Fax: (+351) 21 3978376

Email: fpe@fpe.pt

Mesa da Assembleia

Presidente

Sr. João Freire Martins

Contacto:

Avenida de Berna, nº 31, 1º Drt
1050 - 038 Lisboa
Portugal

Telefone: (+351) 21 3978717

Fax: (+351) 21 3978376

Email: fpe@fpe.pt

Conselho de Arbitragem

Presidente

Sr. Alfredo Alves

Contacto:

Rua do Quelhas, 32-44

1200-781 Lisboa

Mail: fpe@fpe.pt

Telf: 213978717

fax: 213978376

Conselho Fiscal

Presidente

Sr. Tomás Baltazar

Contacto:

Avenida de Berna, nº 31, 1º Drt
1050 - 038 Lisboa
Portugal

Telefone: (+351) 21 3978717

Fax: (+351) 21 3978376

Email: fpe@fpe.pt

Conselho Jurisdicional

Presidente

Dr. Diogo Ravara

Contacto:

Avenida de Berna, nº 31, 1º Drt
1050 - 038 Lisboa
Portugal

Telefone: (+351) 21 3978717

Fax: (+351) 21 3978376

Email: fpe@fpe.pt

Conselho Disciplinar

Presidente

Drª. Ângela Burnay Bastos Machado da Costa Quinta

Contacto:

Avenida de Berna, nº 31, 1º Drt
1050 - 038 Lisboa
Portugal

Telefone: (+351) 21 3978717

Fax: (+351) 21 3978376

Email: fpe@fpe.pt

A Federação

fencing1900

A Federação Portuguesa de Esgrima foi criada em 1922, na cidade de Lisboa. Contudo, a esgrima como desporto organizado já se praticava em Portugal em finais do século XIX, quando o mestre de Armas António Martins fundou o Centro Nacional de Esgrima, instituição praticamente oficial tutelada pelos Ministérios da Guerra e da Marinha.

As primeiras competições de esgrima de que há notícia ocorreram em 1899 e 1900, em Lisboa, e foram presididas pelos reis, que normalmente faziam a entrega dos prémios.

No entanto, para se falar de esgrima desportiva, há que referir as suas origens, perdidas nas brumas do tempo. Nessas épocas recônditas, não era a competição que interessava. Saber esgrima podia significar a diferença entre a vida e a morte.

Com o aparecimento das armas de fogo, nos finais do séc. XIV, a esgrima, até então actividade bélica, passou a praticar-se tanto como uma forma de defesa pessoal nas escuras ruelas das grandes cidades como actividade de lazer ou mesmo de exibição nos salões dos palácios.

Mensagem do Presidente

Phoenix_Bird_Fire2[1]

O exemplo da Fénix

"(...) para que possamos encontrar o bom caminho
teremos de caminhar juntos a cada instante."

A Esgrima portuguesa entrou numa nova fase da sua longa e gloriosa vida. Uma fase que terá, forçosamente, de significar um renascimento, um regresso à senda do progresso e do desenvolvimento.

Não adianta, nesta fase, falar do passado, referir aquilo que foi feito e o que ficou por fazer. Adianta, isso sim, olhar para o futuro e, seguindo o exemplo de tantos e tão bons esgrimistas que por esta Federação passaram, lutar para melhorar e para evoluir. Mas lutar juntos, sem cisões nem oposições vazias de significado. Não podem os esgrimistas portugueses esperar que a Direcção faça todo o trabalho. Ao escolherem a equipa por mim presidida assumiram que, para que possamos encontrar o bom caminho, teremos de caminhar juntos a cada instante.

Contactos

Federação Portuguesa de Esgrima

Avenida de Berna, nº 31, 1º Drt
1050 - 038 Lisboa
Portugal

Telefone: (+351) 21 3978717

Fax: (+351) 21 3978376

Email: fpe@fpe.pt

Contacte-nos

Uilize este formulário para entra em contacto connosco.